quarta-feira, novembro 22, 2006

O Livro dos Bons Princípios (6)

Acordou e olhou-se ao espelho, como todas as manhãs. Ficou intrigado com a ausência de diferenças em relação ao que fora: nem uma ruga, nem uma borbulha, nem um cabelo branco… O tempo não tinha passado pelo seu corpo. Olhou ainda as mãos, finas e ágeis, decerto já não tão robustas, mas ainda fortes e viris. Levantou o pijama que lhe cobria o peito e verificou que os abdominais lhe mostravam juventude e os peitorais respiravam vigorosamente. Respirou aliviado, feliz talvez por continuar a respirar. De novo, voltou a vestir-se, e, como todas as manhãs, correu para a casa de banho para ser homem e, como todas as manhãs, libertou-se da humanidade suada e imunda que o seu corpo acumulara em tantas partes de si, desde o intestino até ao sovaco… Ao sair de casa, a caminho do seu escritório na avenida mais in, voltou ao quarto e reparou na mulher que se tinha deitado com ele na noite anterior e em todas as noites desde há 18 anos: não tinha dado por ela. Não sentiu falta da sua juventude, não a olhou duas vezes...

Outros princípios
O afinador de sinos (1) e (4)
Divas e Contrabaixos (2) e (5)
Inominável (3)

8 comentários:

Sofocleto disse...

Está na altura de tratar dos papéis do divórcio.

Anónimo disse...

Novidades sobre o Encontro de Blogues de Cinema e eleição dos Melhores Blogue de Cinema e de Cultura de 2006, em http://lauroantonioapresenta.blogspot.com/2006/11/blogues-de-cinema-o-melhor-de-2006.html. LA

Ida disse...

Começo a ficar preocupada com tanta ausência e a me perguntar se não foste trocada por uma manada de camelos e mais um projeto de cais de porto!!! Voltaaaaa!

inominável disse...

Idinha, para tua alegria e animação da blogosfera e para grande infelicidade de berberes e outros assim, VOLTEI!

LA disse...

olá, sejas benvinda! Por lá tudo bem? Por ai, tudo bem? Por aqui, tudo bem? É o que faz uma mulher ser de muitos sítios...! Um beijo de boas vindas.

Ida disse...

Nem imaginas, como imagino!!! Mas a vida é assim, alegria de uns, comiseração de outros... Bom te ler de novo! Isto andava um deserto sem ti!!!!

philosophos disse...

ainda assim consegui levantar-se. esse é pelo menos um bom começo. Há muito tempo que não reparo se alguém se deita a meu lado e levanto-me na mesma.
http://profdesterrado.blogspot.com
http://deliriospoeticos.blogspot.com

philosophos disse...

Já te adicionei à minha lista de links. Espero que devolvas o gesto.