domingo, novembro 19, 2006

pedido

quero que me dês o mundo

se não o puderes embrulhar
atira-me uma imitação brilhante
que também traga dias de sol
e estrelas do norte
e crianças a brincar à nossa porta

(deixa a porta aberta)

5 comentários:

maria fro disse...

Obrigada pela visita.
Sim eu acho que vale a pena dedicar algum tempo pra ler o material e refletir sobre ele. Trabalho de formiguinha, mas precisamos exercê-lo.
Grande abraço

mfc disse...

Sim...só queria tudo isso!

Sofocleto disse...

Um fim de tarde de verão no Alentejo, o barulho das cigarras, as estrelas a romperem vagarosamente, um copo de Borba encorpado e risos de crianças a brincar na rua podem significar umas migalhas de felicidade.

inominável disse...

Sofocleto, disseste a palavra certa: Borba...

Ida disse...

Lindo o que escreveste... e o Sofocleto completou à merveille!