segunda-feira, outubro 15, 2007

bem-aventuranças

bem-aventurados
os doidos
os loucos
e as bestas
porque são felizes:
compreendem o mundo aos bocadinhos
e isso lhes basta

.

22 comentários:

legivel disse...

... "amém" ainda cheguei a tempo de ouvir a mulher da última fila responder à ladainha do padre. Depois persignou-se e caminhou na minha direcção, que é como quem diz, da porta. Quando os seus olhos cruzaram com os meus benzeu-se novamente e voltou atrás.

............................

- Confesso que pequei padre. Em pensamento, mas pequei. Porque motivo há homens tão bem-parecidos como aquele, meu Deus?!
- Aquele, minha filha, não é um homem. É o diabo em figura de gente.

............................

Cá fora, abanei a cauda (com aquela terminação-género-psd... ) de satisfação demoníaca. Mais uma para a paisagem de Grenoble!

Isabela disse...

pois

Anónimo disse...

Esses que morrem respirando apenas o acaso, incomodoram todos os outros. Depressa os poros sao tapados para a morte do louco que já no estar é insuficiente aplicar-se-à assim a pena dos incomodados.

Bem haja a todos porque o mundo é diverso.

inominável disse...

é lá, será que este comentário é mesmo para o meu humilde post?

bom, questões à parte: eu tenho andado a respirar o acaso (não "apenas", mas "sobretudo", porque o acaso total não existe) e nunca me constou que estivesse a incomodar os outros...

DIVERSO... e lindo... e feio... e tudo entre um e o outro...

legivel disse...

(... nem uma palavrinha sobre o meu comment -uma pérola, aliás como é hábito. Há aqui qualquer coisa que não bate certo... será por causa de Grenoble? essa cidade tá-me a pôr a cabeça maluca. Raios me partam se não vou lá um dia destes! sempre quero ver a maravilha. Por outro lado, aquilo em Berlim deve estar um gelo dos diabos... Entretanto -para aquecer, vou rezando umas avé-marias, já que por aqui, o ambiente é de perfeita religiosidade.)

inominável disse...

desculpa o silência, Ò Legível Santíssimo, mas tenho andado a recitar as outras bem-aventuranças, sobre tudo aquela dos que choram e serão consolados...

sim, o tempo aqui em Berlin está frio, mas as cores são de Outono... a Grenoble devia ir agora brevemente, mas pesa-me aqui tanta coisa...

e podes crer que os teus sopapos têm mesmo sempre muito nível... nem sei como é que continuas a dar pérolas a porcas....

mas adiante: glória, glória, aleluia...

Ida disse...

Ó menina, isto está mesmo pra poucos e bons. Como é que eu vou me atrever a deixar um insiginificante insipiente e insípido coment depois de tudo isso aí de cima??? E do teu post à mistura!!!!

Adorei o post e lembrei-me de coisas lindas tuas que já tinha lido, que me deste a ler, lá, naquela outra vida.

E os coments tb... desculpem a intromissão, já agora, e eu volto da porta que aqui tá muito sagrado pra minha pouca santidade. :p

legivel disse...

... ó Virgem Santíssima! graças por te teres lembrado deste teu servo. A minha alma ficou em festa, podes crer. E de tal modo, que até me deu alento para ir botar palavra no blogue da dona Ida, Deus me perdoe*...

* que me perdoe a mim, que a dona Ida com aquele texto sobre lambeduras já ganhou o reino dos céus.

Ida disse...

Ai, eu acho que acordei os vizinhos com a gargalhada depois de me terem atribuído o reino dos céus... ai Jesus, como diriam na aldeia!

Isto está do melhor. Vou já lá ver o q se passa!

inominável disse...

Amén!

vocês são mesmo de rir.... um dia destes ainda tenho um colapso dos músculos abdominais... credo-cruzes canhoto... deus nos livre!

- Ó Legível, e será que eu tb não mereço o reino dos céus??? ó pá, fiquei a cogitar...

Luis Eme disse...

Não sei se são assim tão felizes...

mas pelo menos não complicam tanto a vida, como nós, os "mal-aventurados"...

legivel disse...

... a cogitar?! mas isso não é nada bom. Por acaso tenho um médico amigo que é óptimo a tratar disso. Só que está longe. Ou seja: não está à mão de semear...

Mas se isto te pode ajudar, por mim, também terás um lugarzinho no reino dos céus. Aqui (neste lugar à beira mar plantado) é que não; que como se sabe não é uma monarquia...

Prontos. Agora é só tratar do título. Já estou a imaginar: Marquesa Inominável de Brandburg...

inominável disse...

de Schoneberg... não aceito títulos sem mais nem menos... :))

un dress disse...

e sobretudo

não constroem

pontes

entre os bocadinhos...


.também só o trabalho que isso dá

e o que incomoda...

un dress disse...

ai...

... isto aqui anda entre a monarquia e o reino dos céus...!!? :)))



a braÇos

inominável disse...

mas parece que o reino dos céus foi atribuído à Ida do Sulburbio, sem qualquer concurso público... eu fiquei em segundo lugar, no caso de ela desistir da harpa e dos anjos sem sexo... e agora, pensando melhor, tb abdico do lugar...

Ida disse...

Pois, pois, lembraste algo de extrema pertinência: SEM SEXO????

Acho que podíamos ter um reino dos céus mais up to date! Quem sabe propormos um Reino dos Céus com upgrade, para Reino dos Céus plus, o que incluiria muito mais funcionalidades?

Vai, diz ao Sr. Legível que é preciso pensar nisso!

legivel disse...

Ao cuidado da inestimável e digníssima dona Ida:

(com cópia para a Marquesa Inominável de Shoneberg)

Ao tomar conhecimento do V. Ofício Nº 17-2007 cumpre-me informar que vou dedicar o próximo mês de Novembro a pensar no assunto que menciona no referido Ofício.
Mais informo, que em devido tempo, enviei sugestão ao Administrador Geral da Céus SA no sentido de que os anjos-residentes passassem a usar -além das incontornáveis asas, o sexo. Não o imaginário "sexo dos anjos" (e das anjas) mas o sexo puro e duro(?!). E defendia a sugestão, argumentando que "um anjo sem sexo é como uma flor sem pé" . A verdade é que até à data apenas recebi ums lacónica carta, solicitando que envie ilustrações sobre a sugestão (se possível com gravuras japonesas) pois lá por cima já estão um pouco esquecidos como é que o sexo funciona.
Por absoluta falta de tempo, ainda não tive tempo de enviar o material pretendido. Mas o seu Ofício veio lembrar-me do assunto.

Com a devida vénia,

Legível

inominável disse...

Ao cuidado do escrivão dos céus e administrador-mor, Legível:

cumpre-me informar que há esperança, até no reino dos céus! caso os anjos não recuperem da amnésica falta de uso, continuará a haver esperança, mas terá que ser solicitada com pilhas.

cumprimentos celestiais,

Marquesa Inominável

Ida disse...

Ouçam lá: já ouviram falar da boa reputação de mulheres que residem sozinhas em prédios habitados prioritariamente por velhinhos (que, afinal, igualam os anjos em pelo menos um aspecto, o do sexo, com muito menos penugem, é certo)?

Da próxima vez que for ler algo escrito pelo sr. escrivão, antes designado "Legível", vou armar-me de um adequado mp3 com tecla REC, para que possa, a seguir, enviar-lhes o ficheiro com a parte áudio, correspondente.

É que, do jeito que vai, vão me notificar por excesso de garagalhadas de teor indecoroso.

A resposta formal segue em breve!

PS: Sexo puro e duro, sr. Legível, e flor sem pé??? Assim, de supetão, cercado de asinhas brancas e emplumadas é de morrer.

Ida disse...

... morrer de rir! E sem pilhas, Sra. Marquesa, diferentemente da boneca inflável, modelo celestial, do sr. escrivão!

legivel disse...

... tenho de ir comprar tabaco. Prometo não demorar*










* alguns nunca mais regressam...