terça-feira, outubro 30, 2007

antes

antes que o dia acabe
e fique só esta margem
de um rio parado

antes que a manhã traga o orvalho
e o medo

escrevo-te nascentes, fontes e mar
escrevo-te seixos e paus e lodo

.

14 comentários:

legivel disse...

"escrevo-te seixos paus e lodo"

e eu não tenho o dia todo
para escrever, com franqueza!
mas escrevo de qualquer modo
pois quero ter a certeza
que não se apague essa imagem*
vista daqui desta margem.


*Refiro-me, como é evidente, à imagem de nossa senhora dos navegantes do... virtual.

Luis Eme disse...

Li antes...

e gostei depois...

tás uma poeta e peras.

inominável disse...

Ò Legível, só tu para passares por aqui com toda essa boa disposição manhosa... se um dia deixares de vir, vou ter que fazer uma peregrinação pela blogosfera :)

Luís, as peras não estão é lá muito maduras...

Anónimo disse...

belos textos:)

posso pedir um pequeno favor?

é possivel fazeres um postzinho nos teus blogues a divulgar o lançamento do meu livro na fnac do algarve?

thanks!

ta td aqui:

www.tiagonene.pt.vu

usa a imagem e o link da pagina;)

e claro, se quiseres, .. um poema:)

abraço

Mar Arável disse...

Com toda essa energia

o pomar

vai medrar

para serem distribuidos os frutos

do mar

Maria disse...

..."escrevo-te nascentes, fontes e mar"...
Tu escreves é Vida!!!!!

Um beijo

Isabela disse...

que maravilha...

Maria Muadié disse...

antes que seja tarde...

un dress disse...

também ando a escrever pedras seixos e derivados.


lindas!... as águas das pedras :)

isabel victor disse...

espero.te na maré alta

b* a.margem

legivel disse...

... e assim se foi
um outro dia
ficou só esta margem
e um rio parado

espero que amanhã
não se repita o mesmo fado
de seixos paus e lodo
agora que tenho o dia todo

para o meu desporto favorito
praticar
levantar-me cedo
e ir pescar.

Lúcia Machado disse...

Escreves tão bem :)


Sentimentos fortes, de uma forma tão leve...

Adoro!

Obrigada pelo momento de leitura

APC disse...

Bonito! Sentido! Especial!

hora tardia disse...

que estranho....devo estar tan.tan.....juraria que estive aqui a dizer.te que tinha raptado este teu excelentérrimo poema ...
levei-o para a Hora.


ups...
não ficou?


ke raiva.

desculpas e

obrigada...:)

beijo.

do piano...imf.