segunda-feira, abril 07, 2008

pulsação

e como se o dia
tivesse só 24 horas
conto-as todas devagarinho
para enganar o tempo
que circula
ao descontrolo
nos meus pulsos
.

14 comentários:

Nikita disse...

Eu realmente desconfiava que o teu dia tinha mais do que 24 horas :P

Sim, conta-as devagarinho! E aproveita bem todas essas horas...

:)

Graça Pires disse...

Pequeno poema, mas muito bom!

O Puma disse...

Deixe os pulsos

largue o relógio

Viva intensamente

o minuto que se segue

un dress disse...

c

i

r

c

u

l

a


l á

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

un dress disse...

perfeito de pequeno

de per

feito!






:) beijO

firmina12 disse...

quem é que chora aqui com a chavela?

inominável disse...

ai, Firmina, tb andas a ler "O mundo perfeito"???

Luis Eme disse...

isso é que é organização "temporal"...

abraço Inominável

Claudia Sousa Dias disse...

Desfruta cada segundo com a máxima intensidade!


bjo

inominável disse...

acabo de descobrir que o dia tem mesmo muito mais do que 24 horas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

tem as horas que lhe quisermos dar :)

intruso disse...

:)

o pulsar do tempo dentro de nós...

CNS disse...

O metrómeno dentro nós.
Muito bom!

Isabela disse...

Querida Inominável,
gostava de te fazer umas perguntas, mas não tenho o teu mail. Podes escrever-me para omundoperfeito@gmail.com
Nunca te disse isto, acho eu, mas gosto muito dos teus poemas sem manias de poesia.
Um beijo.