quinta-feira, junho 29, 2006

e é assim que se criam relações interpessoais on-line

Inominável sagt:
bom

Inominável sagt:
vou voltar à correcção da tese

SAT sagt:
força

Inominável sagt:
só vou na página 260 e anda faltam mais de 300

SAT sagt:
pois... é o que dá escrever muito

Inominável sagt:
pois

Inominável sagt:
mas só agora é que reparei

Inominável sagt:
quando estava a escrever sempre tinha vontade demais

Inominável sagt:
taradona da escrita, é o que é!

SAT sagt:
é um vício... eu sei

Inominável sagt:
o que fazer?

Inominável sagt:
eu sei que terapia nestes dias já é uma coisa normal, mas tenho vergonha

Inominável sagt:
e se descobrem?

SAT sagt:
eu posso falar com um gajo que arranja umas lentes de contacto que dão a impressão que a pessoa vê mas tiram a visão ao utilzador... assim já não pode Escrever e ninguém desconfia

Inominável sagt:
obrigada

Inominável sagt:
sempre o mesmo amigo

SAT sagt:
sim, um verdadeiro anjo, um amor de bicho e um companheiro inseparável

SAT sagt:
ou seja um cão

7 comentários:

Ida disse...

Pela intensa e frequente atividade neste blog, e tb na minha mail box, parece q as lentes nao resultariam contigo, ainda que as adotasses, coisa de queduvido seriamente...

De q matéria és feita, mulher? Parece q tens em ti um monstro ou um verme em constante atividade, nunca pára, nunca te dá repouso e torna-te uma das pessoas mais interessantes q conheço... ainda que possas enervar algumas vezes, mas assim mesmo, sente-se sempre um vazio quando não estás por perto ou se porventura te ausentas mais do que o habitual.

inominável disse...

carioca doidona, não te escrevo mais até que um pedido de desculpas formal e com um tom ilocutório e perlocutório condignos acerca daquele "ainda que possas enervar algumas vezes" apareça na Sic ou no Expresso, a abrir, claro... só tu :)

Ida disse...

Eu bem tava precisando desta gargalhada!!! hahahahahhahhaha

Ida disse...

PS: Lamento, mas minhas conexões no espaço da media lusitana perderam-se na virada de 2006... aceitas um simples ato ilocutório comissivo de que jamais volto a pronunciar semelhante frase? :|

inominável disse...

Claro! E podes reclamar sempre.... eu gosto quando reclamas!!!! Mi bati qui eu góixtu".....

mokab disse...

Suas taradonas!!!!!

Não consegui resistir a comentar a auto-definição do "SAT": "um amigo", "um verdadeiro anjo, um amor de bicho e um companheiro inseparável" (até aqui tudo bem!Mas remata dizendo "um cão"!!!! Ou seja, qualquer pessoa que reúna estas características todas deixa de ser pessoa e passa a ser cão / cadela!!!! Ainda bem que eu não sou assim ;)

Ida disse...

Verdade, minha querida Monique... isso me faz lembrar a frase de uma amiga "analisada" e aidna mais doidona do que eu: - A Lois Lane quer casar com o Clark Kent, mas quer dar é para o Super Homem... hahahha... os cães têm muitas utilidades, mas nem sempre seduzem... Embora sempre choremos por eles... mil beijocas...